Arquivo importado

Maite Schneider consegue alterar sexo e nome em certidão de nascimento

Redação Lado A07 de Dezembro, 200917h06m

COMPARTILHAR


Maite Schneider, 37 anos, famosa militante e blogueira da capital paranaense acaba de conseguir realizar mais um sonho. Depois de ter operado para mudar de sexo e passar por sete cirurgias reparadoras, ela conseguiu ser reconhecida como mulher pela Justiça brasileira. Agora, ela se chama Maite Schneider Caldas de Miranda, e teve até a alteração de seu sexo de nascimento em seu primeiro registro autorizado.


Como em Curitiba não havia histórico de aceitação do judiciário para o seu caso, Maite mudou-se para Porto Alegre, onde conseguiu incluir o seu nome Maite Schneider no lugar de Alexandre em apenas seis meses e ainda ter a mudança de seu gênero reconhecida na Justiça. A vitória teve o apoio da ex desembargadora gaúcha Maria Berenice Dias, por meio de seu escritório jurídico especializado em LGBTs em São Paulo.

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR


COMENTÁRIOS