Arquivo importado

Drogas: A doença dos tempos modernos

Redação Lado A 01 de Julho, 2011 18h34m

COMPARTILHAR


Sofrimento, depressão, tristezas, afastamento, dissoluções e desgraças, tudo isso é causado por uma das epidemias atuais, o uso das drogas.


Droga. Só o nome já deveria fazer as pessoas fugirem dela, é algo que so traz o mal, discórdia e dor.


Os dependentes já foram pessoas como nós que não imaginavam que se tornariam escravas desse tipo de substâncias. Elas foram levadas ao vício por diversos motivos: amizades, para serem aceitos nos grupos, por desilusões, para fugir de problemas, para sentir emoções, ou simplesmente para curtir um “barato” como falam. E por isso, por fraqueza de espirito, de caráter, covardia, foram presas fáceis desse vicio, que falsamente lhes faz esquecer, lhes dá liberdade, mas só os amortecem por pequenos periodos, e quando passa o efeito, os deixam piores.


Passada a euforia, sentem um misto de culpa e tristeza e passam a se gostar cada vez menos. Então usam novamente. As pessoas infelizmente perdem a sua pureza de ser, sua dignidade. A droga tira a noção de felicidade, de dignidade do ser humano.  Não conseguem discernir mais entre o certo e errado. Tornam-se pessoas diferentes das que conhecemos e amamos. Mas elas não adoecem sozinhas: levam consigo a família e amigos, que ficam emocionalmente doentes.


Os pais adoecem pois amam seus filhos e não conseguem fazê-los entender que estão “acabando” com sua existencia, se sentem impotentes, culpados, e vão definhando aos poucos. Algumas pessoas se revoltam, se envergonham e deixam de ajudar o dependente.


Por isso, quando o dependente resolve pedir ajuda para se tratar, querer sair dessa vida, surge a esperança. É o primeiro passo para o tratamento ter inicio. Esse tratamento deve ser sério e rigoroso, com acompanhamento do serviço médico de apoio ao doente e à familia. E quando é levado a sério, devolvem à sociedade muitas pessoas, que aprenderam que não precisamos de nenhuma droga para enfrentarmos a vida, mas sim basta ter coragem, amor, fé e muita, mas muita, perseverança.


Aprenda a dizer não às drogas, não brinque com a sua vida. Quem usa drogas não percebe que a qualquer momento ela pode se tornar uma ameaça verdadeira. Drogas não são amigas de ninguém, elas se apoderam da pessoa aos poucos, sem que a pessoa perceba. Elas podem te levar a se descuidar e se expor a outros problemas como doenças ou violência. Tome cuidado.


As pessoas que estão ao nosso lado devem ser valorizadas, pois sem elas não nada valeria a pena. Dedico este texto a parentes e amigos que passaram ou passam por esse problema, e que eles tenham certeza que tudo é possível desde que queiramos seguir em frente.

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR


COMENTÁRIOS