Curitiba inaugura clínica para tratamento de IST

Redação Lado A 12 de Setembro, 2018 10h21m

COMPARTILHAR

TAGS


Nesta quarta-feira, 12 de setembro, a Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba irá inaugurar a Clínica de IST (Infecções Sexualmente Transmissíveis). A clínica irá funcionar no atual Centro de Orientação e Aconselhamento (COA), localizado na Rua do Rosário, 144, no bairro São Francisco em Curitiba.

A nova clínica prestará atendimento para toda a população no auxílio ao diagnóstico clínico. Além disso, o local ainda auxiliará no tratamento e prestará orientações sobre prevenção de IST’s. A estrutura do local conta com equipamentos avançados para diagnósticos rápidos e precisos que ajudam na eficiência do tratamento.

O local já prestava atendimento para Profilaxia Pós Exposição Sexual e desde o ano passado oferece também a Profilaxia Pré Exposição Sexual, a PREP. A Pró Filaxia Pós Exposição é um tratamento médico preventivo quando há a suspeita de exposição a algum vírus. Já a PREP é um tratamento também preventivo antes da exposição a qualquer vírus que possa causar doenças.

Além do tratamento contra HIV, haverá auxílio para tratar gonorreia, clamídia, sífilis, hepatite B e hepatite C. O local contará com uma sala de vacinas ampla e serviço de cauterização de verrugas genitais causadas pelo HPV para pessoas previamente diagnosticadas pelo COA.

Casos

Segundo uma pesquisa recente encomendada pelo Ministério da Saúde, há um alarmante número de casos de HIV/aids no Brasil, principalmente entre jovens. Tal pesquisa levantou que a cidade de São Paulo apresentou a maior taxa de infectados de HIV, totalizando 24,8%. Em seguida está a cidade de Recife, com 21,5% dos casos e em terceiro lugar está Curitiba, com 20%. A pesquisa ainda apontou dados de 19,20% em Belém, 15,3% no Rio de Janeiro e 15,1% em Manaus.

Segundo os pesquisadores, iniciativas de orientações e prevenções como a Clínica de IST de Curitiba são muito importantes. Os números de infectados estão cada vez mais crescentes devido à falta desse suporte. É preciso ainda considerar o contexto de cada cidadão no sentido de discutir LGBTfobia, desemprego, depressão, e etc. A exclusão do debate sobre gênero e sexualidade por frentes conservadoras também atrapalha. Tais manifestações contribuem para a desinformação e exposição às doenças.

 

 

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS