Barbeiro atende seus clientes totalmente nu em São Paulo

Redação Lado A 10 de Setembro, 2018 10h29m

COMPARTILHAR

TAGS


O barbeiro Rafael Bento Rosa, de 25 anos, residente em São Paulo, está agitando as redes sociais. Nas últimas semanas começou a circular a notícia sobre a forma inusitada pela qual o profissional executa seu trabalho. Diante da grande concorrência no ramo de barbearia, Rafael resolver inovar seu trabalho atendendo a seus clientes nu.

Rafael já tem experiência como modelo de nu artístico e depois que terminou o curso de barbeiro, resolveu unir as duas habilidades. Seus clientes pagam valores diferentes quando ele está nu, o preço é maior. O barbeiro cobra R$ 80,00 para atender usando apenas uma peça que cobre o pênis. Se ele estiver totalmente nu, o valor do corte sobe para R$ 120,00. Já para os clientes que preferem ser atendidos de modo tradicional, com o barbeiro vestido, o valor cobrado é de R$ 60,00.

Antes de começar seu próprio negócio dessa forma inusitada, Rafael trabalhava em uma barbearia. No antigo trabalho, muitas vezes ele ficava esperando os clientes aparecerem. Além disso, a barbearia cobrava um valor muito menor e repassava pra ele menos dinheiro ainda. Foi então que Rafael alugou um apartamento de um amigo e fez de sua casa o seu local de trabalho.

Em um dos quartos do imóvel, o barbeiro adaptou  uma barbearia. O local é intimista e aconchegante, decorado com um grande espelho e cadeira de salão. Rafael recebe todos os tipos de clientes que, em sua maioria, são gays assim como ele. Além de trabalhar em casa, o rapaz ainda leva a barbearia para as baladas ou eventos gays da cidade. Ele carrega uma cadeira improvisada e usa uma máquina de corte para realizar o seu trabalho em locais que não possa entrar com tesouras ou navalha.

Sexo

Atender seus clientes totalmente nu pode causar uma forte atração, o que não é problema para o barbeiro. Descontraído e muito bem resolvido com a sua sexualidade, Rafael tem relações sexuais com seus clientes caso seja de interesse dos dois. Ao atender em seu quarto, a cama já está disponível caso surja alguma atração durante o corte de cabelo. Alguns clientes, inclusive, também tiram a roupa e gostam de ser atendidos nus.

Por outro lado, o rapaz já precisou se defender de clientes com os quais ele não teve atração, mas mesmo assim desejavam que ele fizesse sexo. Para Rafael, não são todos os clientes com quem ele mantém relações sexuais. O barbeiro prefere os homens de tipo físico forte e malhado, assim como ele, que mantém seu físico com musculação diariamente.

 

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS