Pastores dos EUA alegam que arco-íris é “deturpado pela causa LGBT”

Redação Lado A 03 de Julho, 2019 15h08m

COMPARTILHAR

TAGS


À frente da Berhel Church, na Califórnia, Estados Unidos, a pastora Jenn Johson fez um post polêmico em suas redes sociais. De acordo com a líder, as cores do arco-íris estão sendo distorcidas pelo movimento LGBT+. Através do Instagram, a líder postou uma foto das cores arco-íris e disse na legenda que esse é um símbolo de Deus.

Com mais de 300 mil seguidores, a postagem da pastora teve grande alcance. Em seu apoio, o cantor Chris Durán, artista gospel, repostou a opinião da líder. Segundo Jenn, o arco-íris representa um Pai amoroso e o símbolo não será “distorcido ou comprometido”. Comumente usado para representar o movimento LGBT+, o arco-íris com essa interpretação incomodou a líder religiosa.

Mitologia grega

A interpretação do arco íris na mitologia grega também desagradou os evangélicos. Segundo a cultura grega, o símbolo é associado à Íris, deusa grega mensageira dos deuses do Olimpo. Por outro lado, essa concepção também não é a correta para definir a função do arco-íris, segundo os pastores.

No Brasil, alguns pastores deram razão à publicação da pastora americana Jenn Johnson. Segundo o pastor Pedrão, da Igreja Comunidade Batista do Rio, o arco íris é sim um símbolo cristão. Por outro lado, o líder pondera que não é essa discussão que tem que estar em pauta e sim a reverência eterna a Deus. Além disso, o pastor afirma que o arco-íris teve sua origem após o dilúvio, sendo usado por Deus para mostrar a Noé que as chuvas já tinham passado.

Já a pastora Eristela Bernardo, de Minas Gerais, a “deturpação” do símbolo divino está associado à forças pagãs. Bernardo considerou que o pai da mentira é Satanás que, há muito tempo, trabalha para confundir a palavra de Deus. Por outro lado, a pastora também alegou que suas crenças não são motivo para se indispor com a comunidade LGBT+.

Veja o post

https://www.instagram.com/p/BzQsVe3Hbhd/?igshid=2vw3kcm3hy07

 

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS