Tão anos 2000: Beijo gay em TV ainda gera polêmica desnecessária

Redação Lado A 06 de Março, 2020 02h07m

COMPARTILHAR

TAGS


Não é impressionante que em pleno século XXI um beijo gay ainda seja um tabu na TV? Pois acredite se quiser: o SBT, que já transformou casal gay em hétero no passado para não ter que transmitir um beijo gay, surpreendeu seu público na última segunda-feira (5), em sua grade vespertina.

O gesto ocorreu durante a transmissão da novela Betty a Feia em NY, em cena romântica entre os personagens Fabio (Mauricio Henao) e Hugo (Héctor Suárez Gomis), quase 10 anos depois do primeiro beijo entre pessoas do mesmo sexo na emissora, que aconteceu durante a novela Amor e Revolução.

A atitude da emissora gerou repercussão na mídia, o que tem causado estranheza para a comunidade LGBTI: afinal, transmitir um beijo gay não tem nada de ousado. Inclusive, em 2017, a concorrente Rede Globo já transmitia a primeira cena de sexo entre dois homens, levando a internet à loucura.

Parece que finalmente a grande mídia está reconhecendo a comunidade LGBTI como um público cativo que também consome cultura e merece representatividade.

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS