Ídolo da música romântica assume homossexualidade aos 73 anos de idade

Está cada vez mais comum listas no fim do ano que trazem as celebridade que saíram do armário naquele ano. E aqui vai mais um nome para a lista, o cantor Barry Manilow, que embalou diversas boates dos anos 70 com a sua música “Copacabana”. Aos 73 anos, o artista diz ter superado o medo da rejeição dos fãs e revelou estar em um relacionamento há 40 anos com o empresário Garry Kief.
 
Em uma entrevista à revista People, Barry falou pela primeira vez sobre a sua homosexualidade, confirmando os rumores do seu casamento em 2014 com o seu agente e empresário Garry Kief. Os dois se conheceram em 1978, quando Kief ainda era produtor televisivo. No início, a relação foi conturbada porque nenhum dos dois sabiam como levar um relacionamento escondido quando se tem uma celebridade envolvida. Vale lembrar que Barry já foi casado com uma mulher.
 
O cantor revela que os dois se casaram em 2014 em sua casa, em Palm Springs, Califórnia e completam 39 anos juntos este ano. “Eu sou tão preservado. Eu sempre fui. Eu pensei que eu estaria desapontando meus fãs se eles soubessem que eu era gay, então não fiz nada”, contou. Mas não poderia estar mais enganada. Diversos fãs estão apoiando Barry nas redes sociais.
 
As boas notícias não param por aí. O cantor prometeu o lançamento de um novo álbum no dia 21 de abril.
 

Categoria: 

Tags: 




Comentar

Conteúdo relacionado