Ator pornô é considerado culpado pela morte de companheiro rico

Um ex-astro do pornô gay, que trabalhou para sites como Sean Cody, Mormon Boyz, e Cocksure, foi condenado pelo assassinato do seu parceiro mais velho e rico, com o objetivo de receber a herança. De acordo com o jornal The San Diego Tribune, David Enrique Meza, de 26 anos foi considerado culpado, na última segunda-feira, pela morte de Jake Clyde Meredino, de 52 anos, em maio de 2015, no México. Agora, no aniversário de dois anos da morte de Meredino e depois de uma semana de deliberação, Meza foi considerado culpado pela morte do parceiro e ainda condenado por tentativa de obstrução da lei. Enquanto sua namorada foi sentenciada por ser cúmplice do esquema. As sentenças finais foram marcadas para o dia 7 de agosto. 
 
O laudo aponta que Meza teria levado Meredino, com quem mantinha um relacionamento há 2 anos, para a beira de uma estrada e esfaqueado ele pelo menos 24 vezes no estado de Baja Californica. Logo após, o ator foi visto cruzando a fronteira do Estados Unidos com uma noiva grávida. A herança que receberia do companheiro seria de pelo menos 3 milhões de dólares.  Quando foi procurado pela corte mexicana, Meza afirmou que estaria visitando um amigo chamado “Joe”, nos Estados Unidos, entretanto, o álibi se provou falso. Mais tarde, ele deu um depoimento que teria levado o ex-companheiro, cujo relacionamento já durava dois anos, para o local a fim de roubar seu equipamento de rádio. Tendo desistido, teria abandonado ele e fugido com sua bicicleta.
 
 
 

Categoria: 

Tags: 




Comentar

Conteúdo relacionado