A cantora revelação Raissa Fayet é nossa

A música popular brasileira é recheada de talentos e vertentes, principalmente nas vozes femininas. Agora temos uma artista curitibana no segmento para chamar de nossa: É a sempre diva Raissa Fayet, 32, que lança este mês um MiniDoc sobre o processo criativo de seu novo disco, Rá, gravado na Alemanha e inspirado na Vila de São Jorge, em Goiás.
 
Produzido em parceria com o aclamado produtor musical Christian Lohr, o álbum é inspirado no encontro de culturas tradicionais da Chapada dos Veadeiros, na Vila de São Jorge, em Alto Paraíso/GO, local místico e cheio de mistérios. O mini documentário foi lançado na quarta-feira, dia 10 de maio, na fanpage da Raíssa Fayet pelo Facebook e também pelo YouTube.
 
“Em 2013 recebi o presente de conhecer o lugar que mudou minha vida, meu ser: A Vila de São Jorge. Um lugar muito iluminado e especial. Fiz muitos amigos e aprendi muito sobre os valores sagrados da terra”, conta Raissa. “Rá é a ideia de criar uma rede de seres, cada um com sua habilidade para uma transformação sustentável e consciente. Conectar através desse despertar para um novo momento”, explica Raíssa, que promete muitas novidades na cena musical do Brasil neste ano.
 
Raissa foi selecionada como um dos talentos da América Latina pela Red Bull Music Academy, a qual escolheu Raissa Fayet e Russo Passapusso, do Baiana System, para representar Brasil na edição que ocorreu em fevereiro de 2016, no Chile. Desse encontro, nasceram duas músicas, as quais fazem parte de um EP que será gravado e lançado, ainda este ano, em parceria com a Red Bull.  

 

 
Seu segundo disco, "Rá" em fase de finalização, foi produzido pelo alemão Christian Lohr, responsável pelos teclados e direção musical de Joss Stone, além da produção musical de artistas como Mick Jagger, Sting, Donna Summer, Liza Minnelli, entre outros. Inovador, Lohr vê em Raissa a oportunidade perfeita para promover este encontro das raízes brasileiras e a nova MPB com as suas referências sonoras da vanguarda de Berlim e do pop mundial. Ele não hesitou em propor o encontro musical entre Raíssa Fayet e o artista GregorMeyle, resultando na versão bossa nova da música “HeuteNacht”, produzindo esse duo em português e alemão, com arranjo de cordas e a participação de músicos renomados, como Antônio Sánchez, autor da trilha do premiado filme Birdman. A canção foi sucesso no iTunes desde seu lançamento e resultou na participação de Raissa na turnê de Gregor em 2015. Ainda em 2015 ganhou o prêmio de melhor letra no Festival Botucanto em Botucatu - São Paulo, com a música “Lavar a Louça”, que estará no seu próximo disco, Rá. 
 
Raissa foi selecionada como um dos talentos da América Latina pela Red Bull Music Academy, a qual escolheu Raissa Fayet e Russo Passapusso, do Baiana System, para representar Brasil na edição que ocorreu em fevereiro de 2016, no Chile. Desse encontro, nasceram duas músicas, as quais fazem parte de um EP que será gravado e lançado, ainda este ano, em parceria com a Red Bull.  
 

Categoria: 

Tags: 




Comentar

Conteúdo relacionado