Agustin Fernandez: Ele enfrentou o preconceito, foi genial e venceu

O uruguaio Agustin Fernandez estourou na internet com seus tutoriais incríveis de maquiagem. No auge dos seus poucos anos de vida, aos 24, ele alcançou milhões de seguidores nas redes sociais onde exibe seu rosto divinamente maquiado por ele, mesmo coberto de barba. Com o sucesso, ganhou muito dinheiro, totalizando um montante de aproximadamente um milhão de reais em apenas no último ano, boa parte com a patente de sua criação, um adesivo que simula o efeito de um delineador de olhos (ver abaixo). Em 2014, mostramos a polêmica que o profissional causou em Floripa, com um ensaio para a revista Donna, em que exibia seu visual andrógino.

Nascido em Punta del Este, Uruguai, o maquiador desembarcou em Florianópolis em 2011. O jovem sonhador veio em busca de uma vida melhor do que a que levava em sua terra natal, onde passou por muitas dificuldades. “Vim para o Brasil porque sou apaixonado pelo idioma, pelo sotaque, sempre ouvia as pessoas falando e sonhava em morar aqui. Quando tinha seis anos de idade era apaixonado pelas músicas da cantora Daniela Mercury”, declarou ao site G1.

Logo ao chegar no Brasil, Agustin procurou cursos na área de maquiagem afim de garantir o aprimoramento de suas técnicas. Começou a trabalhar em salões de beleza e a ministrar cursos de maquiagem em Florianópolis. Graças ao seu sucesso na internet, com os vídeos que gravou assim que chegou ao país, o maquiador ficou cada vez mais procurado por fãs de suas técnicas. Em apenas um mês, o número de seguidores em suas redes sociais cresceu muito, tanto que Agustin decidiu divulgar sua marca. Ainda em Punta del Este, o maquiador havia lançado uma marca que leva o seu nome e, devido à expolosão na internet, chegou a vender mais de 1200 itens em um único dia, maquiagens e acessórios que custam em média R$ 30,00 e tem reenvestido e hoje conta com uma linha própria bem grande.

Com a fama e o dinheiro, Agustin Fernandez que agora está muito diferente daquele rapaz que desembarcara em Florianópolis com apenas R$ 700,00 no bolso que enfrentou e venceu o preconceito. Ele percorre o mundo com sua arte em forma de maquiagem. Maquiou celebridades, inclusive algumas pelas quais sempre teve admiração. Valesca Popozuda, Preta Gil, Ana Paula Renault, Vivian Amorim, são algumas das poderosas que já receberam a make up de Agustin. Sua inspiração, no entanto, vem de fora do Brasil. O maquiador é fã de Conchita Wurst, personalidade austríaca da música que, como Agustin, rompe barreiras de gênero ao harmonizar maquiagem e sua barba no rosto, mas afirma que sempre se maquiou de barba, antes e conhecer a drag queen. 

Desde criança, o rapaz gosta de maquiagem e de roupas consideradas femininas. Quando traçou seus objetivos ainda em sua cidade natal, um dos motivos que o fizeram crescer, foi a vontade de se livrar do estigma de gay maquiado. Queria ser visto como um empresário. Embora receba muitos convites para trabalhar com performance, o rapaz tem planos um pouco diferentes: “Já fui convidado para participar de eventos, mas não tenho interesse em fazer shows em boates, por exemplo. O que eu quero hoje é trabalhar como modelo feminino, participar de programas de entretenimento ou mesmo como jurado em algum programa relacionado com desafios de beleza e maquiagem” , disse.

Questionado pelo Diário Catarinense sobre seus planos futuros, Agustin imediantamente menciona sua família. “Quero muito trazer minha família para morar no Brasil. Tenho 8 irmãos e mesmo com minha ajuda ainda passam dificuldade”, disse. O maquiador declarou ainda, que deseja ampliar sua empresa que hoje funciona somente no âmbito da internet, para que possa empregar diversas minorias  como “mães solteiras, mulheres negras, transexuais, pessoas com deficiência. Pessoas que têm potencial mas não tiveram oportunidade. Eu gosto de incentivar as pessoas a darem o melhor de si para conquistarem os seus sonhos.”, finalizou.  





 

Categoria: 




Comentar

Conteúdo relacionado