Confundidas com casal lésbico, mãe e filha são agredidas em saída de cinema em shopping de Brasília

Solange Afonso, 47, e a filha de 20 anos foram agredidas na saída do cinema do shopping Liberty Mall, na Asa Norte, em Brasília, no Distrito Federal. As duas assistiram à sessão das 20h e, ao saírem, segundo relatou a mulher, foram atacadas pelos insultos gratuitos de um homem de aproximadamente 50 anos de idade.

O fato aconteceu na noite de quinta-feira, dia 28 de setembro de 2017. Solange contou através de um vídeo em seu Facebook os detalhes da atrocidade: "Na saída do filme apareceu um louco que achou que a gente era um casal e simplesmente começou a agredir nós duas. Começou com agressão verbal: chamou a gente de cretinas e safadas porque ele achou que éramos um casal gay". 
 
No meio da confusão, Solange foi agredida fisicamente, “ele bateu, não sei se foi um relógio, alguma coisa no meu rosto”. Os seguranças foram chamados e seguraram o agressor que foi encaminhado junto com as vítmimas para a 5ª Delegacia de Polícia, segundo informações da Secretaria de Segurança do Distrito Federal. Detido provisoriamente, o homem foi autuado por injúria e lesão corporal, assinou um Termo de Compromisso de Comparecimento do Juizado Especial Criminal e logo em seguida foi liberado.

Em seu desabafo, Solange declarou estar profundamente abalada com o ocorrido, e que se colocou no lugar das pessoas LGBT que sofrem diariamente tais agressões: “Eu não sou gay, mas eu me botei no lugar de todas as pessoas que eu conheço e que só querem viver, serem felizes e viverem a vida delas”. A vítima ainda encorajou as vítimas de ataques homofóbicos a procurarem por seus direitos: "se você sofreu alguma violência assim, não fiquem coagidos. Vocês têm que lutar pelo direito de vocês", disse. O vídeo não está mais disponível no perfil da vítima. 

 
 

Categoria: 

Tags: 




Comentar

Conteúdo relacionado