homofobia policial

Serial killer de Goiânia manteve encontros com as primeiras vítimas homossexuais

Entre 2011 e 2014, o vigilante Tiago Henrique Gomes da Rocha, agora com 29 anos assassinou ao menos 39 pessoas na capital goiana, na maioria delas mulheres, mas seus primeiros homicídios foram de homossexuais. Conhecido como serial killer de Goiânia, o homem que está preso desde outubro de 2014 e já foi condenado a mais de 600 anos de prisão por 28 dos crimes já julgados, contou em entrevista para o programa de TV Câmera Record, na semana passada, que chegou a frequentar a casa de algumas de suas vítimas.