Vídeo: Damares diz que gays querem banir a Bíblia no Brasil

Redação Lado A 16 de Janeiro, 2019 16h03m

Vídeos em que a Damares Alves aparece falando diversos tipos de despautérios não param de aparecer na internet. A última polêmica da ministra do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos do governo Bolsonaro, mais uma vez, diz repeito aos gays. Em gravação de 2014, durante uma palestra, Damares disse que os gays querem acabar com a Bíblia no Brasil.

“Eu não estou exagerando! O movimento gay é articulado e sabe influenciar”, afirma a ministra em vídeo. De acordo com suas palavras, o movimento LGBT, que ela chama de movimento gay, tem propósitos e estratégias bem definidas para banir a circulação do livro sagrado no país.

Ela afirma que o movimento LGBT teria dito que o movimento LGBTI teria afirmado que as palavras mais homofóbicas do Brasil seriam “sodomita” e “efeminados”. Essas palavras, por sua vez, constam na Bíblia Sagrada. Após essa informação sem fundamento, ela cita o Projeto de Lei 6418/2005 que teria como objetivo retirar toda a literatura homofóbica que, segundo ela, inclui a Bíblia. No entanto, esse projeto fala sobre a retirada de materiais homofóbicos e racistas de circulação, sem citar a Bíblia.

Damares criticou ainda os projetos de criminalização da homofobia na mesma palestra. Segundo ela, as punições dos crimes de homofobia atingiriam os padres e pastores. Pais que não aceitam a homossexualidade do filho, de acordo com a ministra, também seriam punidos. Ela ainda disse que quem apoia e acolhe os homossexuais é a Igreja Evangélica.

Além de atacar o movimento LGBTI, Damares atacou também as feministas. Sobre o movimento, Damares disse que “elas não gostam de homens porque são feias e nós somos lindas”. Assim como a falácia de que os gays pretendem proibir a Bíblia no Brasil, a declaração sobre as feministas gerou revolta e escárnio na internet.

Veja o vídeo sobre gays e a Bíblia

Vídeo completo

 

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMENTÁRIOS