Mães de Cazuza e Renato Russo participam de lançamento de frente parlamentar de enfrentamento ao HIV

Redação Lado A 05 de Agosto, 2019 17h48m

COMPARTILHAR

TAGS


Nesta terça-feira (6) haverá o lançamento da Frente Parlamentar Mista de Enfrentamento às Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), do HIV/AIDS e das Hepatites Virais. O plano faz parte da iniciativa da deputada Érika Kokay (PT-DF) junto com outros deputados apoiadores. O lançamento contará com a presença de Lucinha Araújo e Carminha Manfredini, mães dos cantores Cazuza e Renato Russo, símbolos da luta contra o HIV no Brasil.

Segundo Érika Kokay, as últimas atitudes do governo brasileiro configuram uma ameaça contra as campanhas sobre HIV. Embora o Brasil seja referência para o tratamento de Infecções Sexualmente Transmissíveis, é possível que essas ações recuem. As iniciativas do governo de Jair Bolsonaro, segundo Kokay, podem resultar no desmonte das políticas públicas sobre HIV.

A presença de Lucinha e Carminha representam a importância de continuar avançando com as políticas sobre HIV. De acordo com Kokay, é necessário comunicar e debater ainda mais sobre o assunto, principalmente entre as novas gerações. Cazuza e Renato Russo marcaram uma geração de jovens que perderam seus ídolos. Assim, a ideia é ressaltar a importância do debate e combate do preconceito sobre o assunto.

Viva Cazuza

Lucinha e João Araújo, pais do cantor Cazuza, fundaram a Viva Cazuza em 1990. A instituição reúne voluntários e médicos para dar apoio a pacientes com HIV/AIDS, infecção que vitimou Renato Russo e Cazuza. Inicialmente a entidade funcionou junto ao Hospital Universitário Gaffrée e Guinle, onde aumentou a quantidade de leitos e o atendimento para portadores de HIV.

Após 1992, a entidade passou a atuar de forma independente e inaugura, em 1994, a Casa de Apoio Pediátrico do Rio de janeiro. No local, crianças e adolescentes portadores de HIV, além dos pacientes adultos, eram atendidos e orientados quanto ao tratamento médico.

Já Carminha Manfredini, mãe de Renato Russo, também está envolvida no trabalho social que apoia portadores de HIV/AIDS. Em 2003, ela conheceu Cristiano Ramos que desenvolvia um trabalho na Sociedade Amigos da Vida. A instituição, assim como a Viva Cazuza de Lucinha, apoia portadores do vírus. Foi então que Carminha se engajou nas ações contra o HIV através dos trabalhos da entidade.

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS