Arquivo

Idoso de 69 anos é morto em metrô de Nova York ao ser confundido com gay por homofóbico

Redação Lado A 18 de Setembro, 2013 21h22m

COMPARTILHAR

TAGS


Ever Orozco, 69 anos, foi morto no último dia 16, segunda feira, com diversas facadas em plena luz do dia na estação de metrô da Rua 90 com a Avenida Roosevelt , pouco depois das 1h30 da tarde. O crime na estação elevada chocou as testemunhas por sua brutalidade. Agora, o motivo do crime está causando maior revolta: o homem teria mandado beijos no ar para o rapaz e por isso foi morto.

Steven Torres, 22, preso no mesmo dia, e sem direito à fiança, pode pegar até 25 anos de prisão. O jovem teve o pedido de fiança negado. O rapaz afirma que matou o homem porque o mesmo o assediou.

Orozco, de nacionalidade colombiana, é casado, pai de família, havia acabado de deixar a esposa em uma consulta médica. Torres é acusado ainda de na semana anterior ter atacado seu colega de trabalho Miguel González, de 47 anos, afirmando que ele o assediou e era homossexual.

A morte do idoso abriu alerta em Manhattan, já que foi o segundo crime de ódio com vítima fatal este ano. Em maio, Mark Carson foi morto enquanto caminhava com seu companheiro no bairro gay de West Village. O suspeito do assassinato, Elliot Morales, teria cometido injúria ao casal gay antes de disparar a arma. Outros casos de violência contra gays foram registrados na cidade que por muito tempo, sobretudo a ilha de Manhattan, manteve a fama de pacífica e terreno seguro para a comunidade gay.

 

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS