Mulher trans é acusada de matar o namorado na Austrália

Redação Lado A 24 de Maio, 2018 20h07m

COMPARTILHAR

TAGS


Jade Walker, 31, irmã do jogador de futebol americano do Manly Sea Eagles, DylanWalker, está sendo acusada de matar o namorado. O crime aconteceu em Brighton Le Sands, na Austrália, em 21 de maio. Gilbert Caetano, de 51 anos, foi encontrado inconsciente pela polícia dentro de casa, com ferimentos na cabeça e no rosto.

Suspeita do crime, Jade Walker, que é mulher trans, foi presa em sua casa. A mulher foi acusada de homicídio culposo e de invasão de privacidade. A causa do crime seria por violência doméstica, motivo pelo qual a polícia foi acionada. A suspeita deverá permanecer presa até que se concluam as investigações.

Na segunda-feira, dia 22 de maio, a acusada compareceu ao Tribunal Local de Sutherland para prestar esclarecimentos. Walker deverá voltar ao tribunal em 28 de maio.

A filha de Gilbert Caetano, Jéssica, declarou que o pai era uma boa pessoa e que não merecia a tragédia. A jovem não soube informar detalhes sobre a relação do pai com Jade Walker, mas afirmou que eles estavam se conhecendo há algum tempo. Segundo Jéssica, Jade e Gilbert tinham uma relação instável que acabava e recomeçava com frequência.

O Manly Sea Eagles, time em que o irmão de Jade atua, divulgou uma nota de apoio ao jogador. O clube se compadeceu com a tragédia na família de Dylan que também está se recuperando de uma séria lesão provocada no último jogo.

 

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS