Queer As Folk: veja como está hoje o elenco da série LGBT

Redação Lado A 15 de Junho, 2018 19h10m

COMPARTILHAR

TAGS


Lançada no início dos anos 2000, a série americana Queer As Folk fez sucesso entre o público LGBT. A atração foi exibida até o ano de 2005, totalizando cinco temporadas. Produzida pelo canal Showtime, a série foi inspirada em uma série britânica de mesmo nome, exibida em 1999 pelo Channel 4, no Reino Unido.

Queer As Folk conta a história dos personagens Brian, Justin, Emmet, Ted e Michael. Na versão norte americana, os cinco moram em Pittsburgh, na Pennsylvania e interagem com mais uma casal de lésbicas e a mãe de um dos personagens. Lindsay e Melanie formaram o casal lésbico que protagonizou cenas de sexo muito comentadas na época. A mãe de Michael, orgulhosa do seu filho nerd, é a personagem Debbie.

A série representou um marco para a cultura LGBT do início dos anos 2000. Esse público foi representado na série como pessoas que possuem uma rotina como qualquer outra. Em meio ao preconceito ainda forte na época, a série foi um escândalo e sucesso e de audiência. No entanto, segundo recente entrevista do elenco para a revista Entertainment, alguns membros da comunidade gay da época se incomodaram. As cenas de nudez e sexo, características da série, causaram desconforto nessa população.

Atores de Queer As Folk

O ator Randy Harrison (40) iterpretava Justin, um adolescente gay de 15 anos que fez cenas de sexo e nudez. Harrison continuou seu trabalho de ator nos palcos e fez presença em apenas uma produção de TV, a série Mr. Robot.

Hal Sparks (48), que interpretou o nerd Michael, engrenou a carreira depois da série. O artista participou das produções Lab Rats, da Disney, Fuller House e um episódio de Grey’s Anatomy. Sparks contracenou com a atriz Sharon Gless, que interpretava Debbie, sua mãe em Queer As Folk. Gless participou de produções como O Exorcista (2016-2018), The Gifted, a novela Casualty e a série Burn Notice.

Depois de estampar muitas capas de revistas gays nos anos 2000, Peter Paige (48) continuou a produzir. O ator interpretou o personagem Emmet e hoje produz a série The Fosters. Paige também participou de The Closer e Grey’s Anatomy.

Thea Gill (48), que deu vida à Lindsay, contracenou com Michelle Clunie (48). Responsável por dar vida à Melanie, par romântico de Lindsay, Clunie participou de House, Without a Trace, Teen Wolf e Lie To Me. Já Thea Gil continuou atuando em produções gays como Dante’s Cove e depois participou de projetos de cinema e TV.

O ator Robert Gant (49), gay na vida real, assumiu o papel do soropositivo Bem Bruckner, namorado de Michael na série. Gant participou de Mike e Molly, Friends, Supergirl, e recentemente fez um episódio da famosa série adolescente 13 Reasons Why, interpretando um personagem gay.

O personagem Ted (53), um contido heterossexual, foi interpretado por Scott Lowell. Ted ajudou na evolução do ator porque permitiu diversas experiências novas, uma vez que o roteiro da série era ousado. Lowell participou de Heroes, CSI: Investigação Criminal, Bones, e atualmente aparece em sua própria série, Adoptable.

 

Veja como está o elenco de Queer As Folk em 2018:

"<p

Esquerda para a direita: Michele Clunnie (Melanie); Thea Gill (Lindsay); Robert Gant (Ben Bruckner): Hal Sparks (Michael): Gale Harold (Brian Kinney); Randy Harrison (Justin); Sharon Gless (Debbie); Peter Paige (Emmet); Scott Lowell (Ted).

 

 

 

 

 

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS