Torcida do Atlético Mineiro faz grito homofóbico citando Bolsonaro

Redação Lado A 18 de Setembro, 2018 09h51m

No domingo, dia 16 de setembro, uma torcida de futebol demonstrou mais uma situação de extrema homofobia. Motivados pelo preconceito internalizado e endossados pelo candidato Jair Bolsonaro, os torcedores bradaram contra a comunidade LGBT. “Ô cruzeirense, toma cuidado: o Bolsonaro vai matar veado”.

A torcida representa o time do Atlético Mineiro, e estava presentes no jogo pelo Campeonato Brasileiro contra o Cruzeiro. O local onde os gritos homofóbicos ecoaram foi o Estádio Governador Magalhães Pinto, conhecido como Mineirão, em Belo Horizonte. A atitude chamou a atenção nas redes sociais porque a menção ao candidato Jair Bolsonaro impressionou os internautas. No entanto, manifestações homofóbicas são comuns dentro do futebol e demais esportes no Brasil.

A ação homofóbica gerou protestos, mas também apoio nas redes sociais. Alguns seguidores do presidenciável apoiaram a ação. Por outro lado, até mesmo torcedores do Atlético Mineiro se indignaram e repudiaram o ato. A torcida LGBT do time também se manifestou por meio de nota pedindo um posicionamento da direção da equipe mineira.

Além das frases homofóbicas, alguns torcedores estavam com camisetas com estampas de Jair Bolsonaro. Devido à grande repercussão o Atlético Mineiro resolveu se posicionar sobre o tema. Procurado pelos meios de comunicação logo após o ocorrido, o time disse inicialmente que não iria se manifestar. Porém, com a pressão das redes sociais, o clube fez um comunicado no Twitter em que repudiou a ação dos torcedores. Com a hashtag #TimeDeTodos, o clube postou um vídeo em apoio ao respeito às diferenças.

Veja

Vídeo da torcida

 

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMENTÁRIOS