Semana da Visibilidade Trans Paraná terá atividades gratuitas em Curitiba

Redação Lado A 21 de Janeiro, 2019 11h08m

COMPARTILHAR

TAGS


Em 29 de janeiro é comemorado o Dia da Visibilidade Trans. Por isso, durante todo o mês, são realizadas atividades referentes à representatividade trans. Em Curitiba, o Instituto Brasileiro Trans de Educação (IBTE), em parceria com a Associação Paranaense da Parada da Diversidade (APPAD) e Dom da Terra LGBTI, está organizando diversas atrações para toda a comunidade trans.

Neste mês, frentes LGBT se uniram em parceria com a Casa Selvática, em Curitiba, para promover as atividades. A partir do dia 27 de janeiro a comunidade poderá participar gratuitamente das ações. As atividades fazem parte da I Semana da Visibilidade Trans Paraná. Além  disso, está ajudando na realização do evento o grupo Mães pela Diversidade.

Além de colocar em debate a pauta trans, os eventos e atividades têm o objetivo de destacar a arte trans. Artistas em geral, ativistas, profissionais de educação e demais participantes transexuais e travestis poderão participar e mostrar sua arte ou trabalho.

Como parte dos eventos da visibilidade trans, o Transgrupo Marcela Prado organizou uma marcha. O evento será no dia 26 de janeiro, a partir das 15 horas. O grupo sairá da Boca Maldita e marchará em direção à Praça Santos Andrade, no Centro de Curitiba.

A marcha terá diversas atrações culturais. Estarão presentes os DJs Bárbara P. Jhonson, Luna Tink e Matheus Brocal Robles. O evento ainda contará com shows de Scarlet Bastos, Déborah Black, Zaffyra Albuquerque, Valerie, Hellen Werneck e Emanuelli Chantoung.

Programação

No dia 27 de janeiro acontecerá a primeira atividade da Semana da Visibilidade Trans Paraná. O Sarau Trans será realizado na Casa Selvática com a performance “Metamorfose Travesti”, de Mel Bevacqua. Como xamã travesti, o trabalho de Belacqua consiste na feitiçaria e tarô, espiritualidade nômade, sagrado trans e magia libertária. Esse evento começará às 14 horas. O endereço da Casa Selvática é Rua Nunes Machado, nº 950, bairro Rebouças em Curitiba.

Já no dia 28 de janeiro, as atividades são de cinema. Haverá apresentação do premiado curta “Primavera de Fernanda” e “Maldita”, interpretados pela atriz paranaense Laysa Carolina Machado. Após a exibição dos filmes, haverá um debate com a artista que também é professora.Esse evento será às 19 horas na sede da APPAD, localizada na Rua Cândido Lopes,  289, 21º andar, no Centro de Curitiba.

No dia Nacional da Visibilidade Travesti e Transexual, 29 de janeiro, as atividades serão externas e internas. Às 12 horas haverá um Ato de Resistência na Boca Maldita, no Centro de Curitiba. Após esse horário, às 13h30min, o evento trará ainda mais apresentações culturais. Depois dos atos, as atividades continuarão na sede da APPAD. Às 14 horas, em parceria com o Mães pela Diversidade, haverá uma mesa redonda sobre políticas públicas, saúde, trabalho e direitos das pessoas trans.

No mesmo dia, às 17 horas, o IBTE lançará o aplicativo de denúncias “Violações e Transfobia na Educação”. Além disso, a instituição lançará uma pesquisa com a qual discutirá questões sociais de interesse das pessoas trans.

Atividades extras poderão ser inclusas na programação até o início da Semana da Visibilidade Trans Paraná. Para acompanhar, acesse o evento lançado no Facebook.

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS