Youtuber apoiadora de Bolsonaro é vítima de lesbofobia no Rio

Redação Lado A 17 de Dezembro, 2019 15h37m

COMPARTILHAR

TAGS


Mais um LGBT de direita descobre que LGBTfobia não é mimimi. A youtuber e defensora de Bolsonaro durante a campanha de 2018, Karol Eller, foi brutalmente agredida em um quiosque na orla da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, neste domingo. Defensora do presidente em sua campanha no ano passado, a youtuber chegou a dizer que os LGBTs tinham muito mimimi.

Por coincidência, o bairro onde ela foi agredida é o mesmo onde mora o presidente. “Gostaria que vcs lembrassem de mim com esse rosto! Deus tá no comando de tudo. Agora estou sem condições de falar ou fazer vídeos explicando! Mas quando eu estiver bem eu volto pra falar com vcs! Obrigada a todos pelo suporte. Orem por mim”, escreveu Karol no Twitter.

Segundo jornais cariocas, ela estava com a namorada em um quiosque quando um homem a abordou e perguntou como que ela pegava uma mulher tão gata. A partir de então o homem a agrediu com socos em seu rosto. Ela classificou a agressão de covarde.

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS