“Gostaria que eles fossem gays”, diz Ricky Martin sobre seus filhos

Redação Lado A 15 de Junho, 2018 19h04m

COMPARTILHAR

TAGS


Homossexual assumido, o cantor Ricky Martin, 46, disse que gostaria que seus filhos fossem gays. O famoso fez a declaração polêmica no programa Popcorn With Peter Travers, da emissora americana ABC. O cantor justificou sua posição alegando que quando saiu do armário pôde ver as coisas de outra maneira.

Ricky Martin é pai dos gêmeos Matteo e Valentino, de 9 anos de idade. Os meninos são fruto de uma barriga de aluguel contratada pelo cantor que tinha o sonho de ser pai. Martin é casado com o sírio Jwan Yosef, com quem se uniu em matrimônio através de uma cerimônia discreta em janeiro deste ano.

“Meus filhos são muito pequenos, mas gostaria que eles fossem gays. É muito especial o jeito que eu vejo as coisas agora. Eu não tenho que me esconder de forma alguma. Isso me fez uma pessoa mais forte”, declarou o cantor quando a conversa entrou no assunto sobre homossexualidade. “Seja você mesmo, ame a si mesmo”, disse para todos que lutam contra a LGBTfobia.

O cantor disse que a sensação de liberdade ao se assumir foi indescritível. Martin considera que quebrou as próprias barreiras quando, em 2010, revelou ao mundo sua homossexualidade. Por outro lado, a declaração com relação aos filhos gerou muitas críticas na internet.

Armário

O  assunto da entrevista era o novo trabalho de Rick Martin, a série “The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story”. Foi então que a conversa se estendeu para o lado da sexualidade do cantor. Martin disse que tinha uma namorada, mas que ela sempre soube de sua homossexualidade. Ricky manteve um relacionamento de nove anos com essa mulher, que ele considera como incrível e forte.

Depois de contar sobre sua ex-namorada, o artista revelou a angústia dos anos em que esteve no armário. Para o cantor, se esconder era negar a si mesmo e depois que se assumiu, tudo ficou melhor. “Se eu soubesse como tudo foi, teria feito isso antes”, disse em entrevista à revista Vulture. O cantor se manteve por muitos anos dentro do armário porque as pessoas diziam que a revelação de sua homossexualidade destruiria sua carreira. “Esses anos em silêncio e reflexão me fizeram mais forte e me lembraram que aceitação vem de dentro e que esse tipo de verdade me dá o poder de conquistar emoções que eu nem sabia que existiam”, publicou em seu site oficial, em 2010, quando se assumiu.

 

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS