Homem é detido após cobrar “pedágio” de travestis que se prostituem em Curitiba

Redação Lado A 25 de Julho, 2018 10h35m

Um homem foi detido na quarta-feira, dia 19 de julho, por cobrar “pedágio” das travestis que se prostituem no bairro Boqueirão em Curitiba. Segundo informações da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR) da capital, Jocimar dos Santos, 43 anos, se intitulava como “gerente do sexo” na região e pedia para que as travestis pagassem alguns valores a ele antes de atender aos seus clientes.

Já na delegacia, diante das autoridades, o homem confessou o crime. Jocimar foi preso após algumas denúncias anônimas e disse à policia que nunca fez nenhum tipo de ameaça às travestis. O homem também cobrava dinheiro das demais mulheres que se prostituíam no local e foi pego em flagrante pela polícia.

Na rua Bartolomeu Lourenço, Jocimar cobrava uma das prostitutas enquanto a polícia observava a ação sem que ele percebesse. Ao consultar uma das travestis do local, as autoridades confirmaram que a vítima havia entregue dinheiro ao “gerente do sexo”.

Para o delegado responsável pelo caso, Emmanoel David, a prostituição no local não é considerada crime. Já a cobrança de qualquer valor por terceiros para atender aos clientes configura um quadro de extorsão. De acordo com as vítimas, Jocimar cobrava em torno de R$50 e R$200 reais por semana. Caso os valores não fossem pagos, o homem expulsaria as mulheres daquele local. Jocimar que cobrava as vítimas desde maio deste ano, permanecerá preso e responderá processo por extorsão.

Outros casos

Não é a primeira vez que a prática de cobrança de “pedágio” acontece em Curitiba. Desde 2016, cinco pessoas já foram detidas por cometerem crimes semelhantes. A polícia recebeu inúmeras denúncias e então começou a fazer rondas na região, que levou à prisão de Jocimar e os demais suspeitos.

Em 2016, um homem e uma travesti foram detidos por extorquirem outras garotas de programa. Já em maio deste ano, uma mulher de 25 anos e um homem de 34 também foram presos. Isso porque o casal teria sucedido os primeiros criminosos também faziam cobranças. Após serem detidos, Jocimar ocupou o lugar de “gerente do sexo”.  O casal realizava ameaças de morte às travestis e realizava cobranças nas ruas Anne Frank, Carlos de Laet e Bom Jesus do Iguape. A polícia orienta que os demais casos de extorsão que forem identificados na região sejam denunciados por meio do telefone 190.

Confira o vídeo do flagrante feito pela polícia

 

 

 

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMENTÁRIOS