App de mobilidade para LGBT chega em breve a Curitiba

Redação Lado A 30 de Maio, 2019 22h12m

COMPARTILHAR

TAGS


No segundo semestre deve começar a operar em Curitiba o aplicativo Homo Driver. Embora semelhante aos existentes no mercado, como Uber ou 99, ele tem como diferencial conectar usuários e motoristas LGBT. Os sócios tiveram a ideia durante um curso de MBA em Gestão de Negócios com ênfase em Marketing e Mídias Sociais. E o aplicativo foi lançado em dezembro passado em Belo Horizonte, Minas Gerais. O investimento total da empresa passou de meio milhão de reais.

A startup busca trazer segurança aos passageiros e oportunidades de gerar renda à população LGBT. Sendo o país um dos mais violento contra esta população, além das altas taxas dedesemprego, parece que a proposta pode sim ser válida.

“A gente sabe das dificuldades que os travestis e os transgêneros têm em conseguir emprego. O mais legal é a parte social, poder mudar na prática a vida da comunidade LGBT. Não se trata de segregação. É a personalização de um mercado porque existe uma parte excluída. É uma sementinha lançada para a mudança, para a aceitação da comunidade LGBT”, defendeu o sócio-proprietário da startup Thiago Villas-Boas durante o lançamento.

Recentemente, o app lançou dois novos seviços: o baby e o pet friendly. No primeiro, opcional para motoristas Homo Pet, que aceitam que o passageiro leve seu cãozinho ou gatinho durante as viagens. E o segundo para os motoristas Homo Baby que buscam o passageiro com disponibilização de cadeirinha de bebê. Os serviços são agregados aos já existentes no app:  HomoDrive, Executive, Luxo e Táxi.

 

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS