Após oito meses, polícia prende suspeito de espancar e estuprar jovem gay em Pernambuco

Redação Lado A 05 de Agosto, 2019 15h32m

COMPARTILHAR

TAGS


Robson da Silva Alexandre, de 25 anos, foi preso na quinta-feira (1) pela Polícia Civil de Pernambuco. O homem é acusado de espancar e estuprar o estudante Jefferson Anderson Feijó, 23, em novembro de 2018. No dia do crime, Jefferson foi encontrado desfigurado e com sinais de violência sexual.

A Justiça de Pernambuco já havia decretado a prisão preventiva do suspeito logo após o início das investigações. No entanto, Robson só foi encontrado oito meses após o crime. Os familiares e amigos de Jefferson, que ficou com graves sequelas após o crime, agora esperam por justiça. Segundo Etiene Feijó, mãe da vítima, a notícia da prisão foi um grande alívio. Além de esperar por uma punição contra o agressor, a família temia que ele vitimasse mais pessoas.

No ano passado, Jefferson participava de uma festa com amigos quando se ausentou para ir urinar. Nesse momento, ele foi atacado pelo suspeito que o agrediu e torturou por tempo ainda não apurado. Jefferson foi atendido no Hospital da Restauração, em Recife, onde permaneceu em coma durante um mês.

Se condenado, Robson da Silva Alexandre poderá responder por tentativa de homicídio motivado por homofobia, segundo o Ministério Público. Na época do crime, ainda era incerta a aprovação da criminalização da homofobia. Por enquanto, o suspeito encontra-se recluso no Centro de Observação Criminológica e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), no município de Abreu de Lima. O suspeito nega as acusações.

O caso

Jefferson Feijó participava de uma festa na cidade onde reside, Moreno, na região do Recife. A vítima estava acompanhada de mais cinco amigos na praça da Bandeira, local de comemoração e reunião de pessoas. De acordo com testemunhas, Jefferson convocou seus amigos para sair porque queria comemorar. O jovem tinha terminado o ensino médio e pensava em ingressar em uma universidade.

Uma das testemunhas, Gabrielle Maria da Conceição, de 19 anos e amiga da vítima, contou mais sobre o ocorrido. A estudante afirmou que a comemoração com os amigos continuou naquela noite pois toda a cidade estava em clima de festa. Na ocasião, era comemorado o dia de Nossa Senhora da Conceição, a padroeira do município de Moreno. Nessa segunda parte da festa é que Jefferson foi espancado.

Gabrielle contou que Robson se aproximou de Jefferson e começou a fazer investidas amorosas. Segundo a jovem, ele quis beijar a vítima que se esquivou alegando que namorava. Apesar da negativa, Gabrielle contou que Robson continuou insistindo em Jefferson que já demonstrava incômodo com aquela situação.

Minutos depois, Jefferson se afastou dos amigos para ir urinar em um local próximo ao Departamento de Trânsito (Detran) da cidade. O acusado então seguiu a vítima, espancou a pauladas, estuprou, e deixou o rapaz desfalecido no local. Jefferson foi encontrado ensanguentado e com as roupas íntimas na altura do joelho. Após o crime, o acusado ainda passou pelos amigos de Jefferson. Gabrielle perguntou do amigo e, em resposta, recebeu um empurrão do acusado que logo depois fugiu.

Redação Lado A

SOBRE O AUTOR

Redação Lado A

A Revista Lado A é a mais antiga revista impressa voltada ao público LGBT do Brasil, foi fundada em Curitiba, em 2005, pelo jornalista Allan Johan e venceu diversos prêmios. Curta nossa página no Facebook: http://www.fb.com/revistaladoa

Banner Marcação 1000x220

COMPARTILHAR

TAGS


COMENTÁRIOS