Nova Coluna do Fer #02

Deborah surfistinha
O longa “Bruna Surfistinha – O Doce Veneno do Escorpião”, estrelado por Deborah Secco, estará nas telonas em breve. Débora disse em entrevista recente que fica emocionada a cada momento que compreende mais sua personagem. “Ela tem um vazio de amor. Foi abandonada pela família biológica e não teve amor dos pais adotivos. Por isso entrou nessa vida", afirmou a atriz em entrevista à Folha de S. Paulo.

O filme é baseado no livro homônimo escrito por Raquel Pacheco, ex-garota de programa que conta sua história de quando praticava o ganha pão mais antigo do mundo. É esperar pra ver.


Quidam!

Com o sucesso de “Alegria”, espetáculo do Cirque Du Soleil apresentado ano passado em Curitiba, os produtores, patrocinadores e o circo canadense assinaram contrato para mais 7 anos, a partir daquela data.

Com isso, o circo já armou sua barraca. Sim! Já estão armadas a grandiosas lonas do Cirque Du Soleil no ExpoTrade, em Pinhais. O espetáculo este ano será o “Quidam” e os ingressos já estão à venda.

Lindsay no Brasil?
A Velvet Club, no Buddha Bar, em São Paulo, vai dar o que falar no próximo mês. A “top” DJ internacional Samantha Ronson, mais conhecida por namorar a hollywoodiana Lindsay Lohan, estará no Brasil para comandar as pic ups da festa.

Levando em consideração que a nova rainha dos bafons internacional pode vir com a namorada, a festa nem está tão cara, 200 reais e com direito a Open Bar – David Guetta na Liqüe estava R$250, seco. Se Lindsay vier, hum, vou me arrepender de não ter ido nessa festa. XoXo.

Prefeito espanhol, gay, está no Brasil para divulgação de seu filme
Francisco Maroto, prefeito Campillo de Ranas (de xadrez na foto), está no Brasil para a divulgação de seu filme Casamento à Espanhola no festival Mix Brasil. Maroto, casado com Enrique Rodriguez (ao lado de Maroto na foto), é o primeiro prefeito gay da Espanha, um dos principais países que permitem casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Por sua breve passagem por terras tupiniquins aproveitou para deixar um recado ao presidente Lula: “ele não deve acabar o governo sem aprovar a lei de matrimônio entre pessoas do mesmo sexo”, disparou.




Comentar

Conteúdo relacionado