cultural

João Silvério Trevisan lança seu livro Pai, pai; importante contribuição literária LGBT

Um dos mais importantes intelectuais da cena literária brasileira lançou seu novo livro no contexto LGBTI. João Silvério Trevisan, 73, publicou Pai, pai; através da editora Alfaguara. A obra discorre sobre seu pai, o italiano José, que faleceu em  1997 e deixou em suas memórias um legado de desaprovação de sua orientação sexual, além da postura imponente. 



Curitiba tem eventos especiais na programação do mês da Diversidade, confira!

O mês da Diversidade LGBTI, outubro, terá alguns eventos de celebração em Curitiba. A Champions Alliance, entidade de jogos esportivos da diversidade, promoverá um evento no Museu Oscar Niemeyer. O evento trará opções gastronômicas e está aberto a todas as pessoas, ocorrendo entre 29 de outubro a 04 de novembro de 2017. O horário em que serão oferecidas atividades esportivas e culturais aos inscritos será entre as 16 horas até às 22h30min.



Mais exposições são canceladas alvo de censura conservadora em SP, MG e RJ

Se você acompanha as notícias que circulam na internet, deve saber muito bem que o Brasil está passando por uma fase um tanto quanto complicada. Os auto-intitulados “cidadãos de bem”, que são contra o politicamente correto (evitação de linguagem ou ações que são vistas como excludentes, que marginalizam ou insultam grupos de pessoas vistos como desfavorecidos ou discriminados – obrigado Wikipédia pela definição!) pois são a favor da liberdade de expressão, estão pressionando diversas instituições para que cancelem qualquer tipo de arte que vá contra os seus “princípios”.



Curitiba tem exibição do filme Milk e discussão sobre direitos LGBT

No próximo dia 26 de outubro, quinta-feira, acontece o terceiro encontro do 1º Ciclo de Cinema e Direitos Humanos, realizado pela Escola de Educação em Direitos Humanos (ESEDH), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Justiça, Trabalho e Direitos Humanos do Paraná (SEJU-PR). Neste data será exibido o filme Milk (2008), de Gus Van Sant, sobre o ativista Harvey Milk, primeiro homossexual assumido eleito nos EUA a um cargo público nos anos 70, em São Francisco, morto por outro conselheiro por homofobia.



A Arte Queer que quase ninguém entende no Brasil

Um termo até então desconhecido pelos brasileiros passou a fazer parte do cotidiano de qualquer um que acessa as redes sociais nos últimos dias: arte queer. O cancelamento da exposição Queermuseu em Porto Alegre pelo Santander Cultural após pressão de movimentos religiosos e do Movimento Brasil Livre (MBL) reacendeu a discussão do que é e o que não é permitido na arte. Com acusações de apologia a pedofilia e a zoofilia, a arte queer ganhou ares de uma arte depravada por parte dos conservadores e dos mais leigos no assunto. Mas o que é arte queer? Da onde veio?



Projeto pretende criar primeira antologia da poesia gay brasileira

Com previsão de lançamento em dezembro deste ano, o projeto Poesia Gay Brasileira está em financiamento coletivo através do site Catarse. O projeto consiste em um livro contendo o que melhor representa a poesia gay brasileira. São poemas assumidamente gays, como as próprias autoras classificam, descobertos através de uma extensa pesquisa na literatura brasileira. As obras selecionadas incluem autores do século 19 que já tratavam do tema em suas produções. Os poetas passam por questões como amor, sexo, amizade e preconceito, sempre relacionadas a homossexualidade.



Call Me By Your Name: filme gay aclamado pela crítica estreia em janeiro no Brasil

Call Me By Your Name é um drama franco-ítalo-brasileiro-estadunidense que foi exibido pela primeira vez no Festival de Cinema de Sundance, em 22 de janeiro de 2017. A partir disso, o filme foi enormemente elogiado pela crítica, inclusive com uma nota quase perfeita no Rotten Tomatoes (site especializado em críticas de filmes). Ainda, o drama é uma das apostas para o Oscar 2018.



The mask you live in: o que você já deixou de fazer por ser homem?

Todos nós em algum momento já tivemos contato com alguma mídia falando sobre o machismo e o quão prejudicial ele é para as mulheres. Mas será que este mesmo machismo, que julga os homens superiores às mulheres e portanto os coloca em uma situação privilegiada em relação à elas, pode fazer algum mal aos próprios homens? É exatamente esse o ponto trazido no documentário The Mask You Live In (2015), da diretora Jennifer Siebel Newsom, disponível na Netflix.



Valéria Houston - Cantora trans gaúcha pede ajuda para gravar primeiro CD

A cantora gaúcha Trans, Valéria Houston, 38 anos, está mobilizando a internet para gravação do seu primeiro CD. Primeira mulher trans a ganhar o Troféu Mulher Cidadã em Porto Alegre, em 2016, ela é um dos mais importantes nomes da chamada MPBTrans, movimento de artistas que discutem questões de gênero e sexualidade em seus trabalhos. O trabalho de Valéria conta no repertório com canções francesas, que é uma das marcas de sua carreira. 



Curta com temática trans no Sertão é selecionado pela TV Cultura e Rede Globo

Fruto de um projeto universitário, o curta-metragem “Tica, a Rainha do Reisado”, teve sua proposta de produção audiovisual aceita pelo projeto Curtas Universitários, do canal educativo Futura em parceria com a Rede Globo e a Associação Brasileira de Televisão Universitária (ABTU), importante elo entre o conhecimento científico e a população. 
 
A iniciativa de produção do curta partiu do programa Sertão Transviado, da Universidade federal do Cariri (UFCA), associado à Pró-reitoria de Cultura (PROCULT), em Juazeiro do Norte/BA.



Curitiba tem exibição de filme gay Corpo Elétrico esta semana

Estréia neste fim de semana em Curitiba, o drama “Corpo Elétrico”, primeiro longa-metragem do diretor Marcelo Caetano. O filme conta a história de Elias, 23 anos, gay, nordestino e começando a vida adulta em São Paulo, onde ele divide seu tempo entre trabalhar numa fábrica têxtil e ter vários relacionamentos casuais com homens, onde vamos descobrindo cada vez mais sobre sua personalidade. 



BDSM é pauta no Museu da Diversidade em São Paulo

O dia 24 de julho é o Dia Internacional do BDSM ("Bondage, Dominação, Sadismo e Masoquismo") e, por este motivo, o Museu da Diversidade de São Paulo promove duas mesas redondas gratuitas e abertas ao público sobre o tema. A data foi criada em 2003, pelo clube fetichista Rosa5, em Barcelona, e não foi escolhida em vão. A data tem o símbolo 24/7, que representa a submissão 24 horas por dia, 7 dias por semana.
 
A ocasião é uma oportunidade para combater o preconceito, desmitificar a cultura e libertar padrões relacionados ao BDSM.



Exposição em shopping de Balneário Camboriú celebra diferentes formas de amor

Para comemorar o Dia dos Namorados, o Atlântico Shopping, de Balneário Camboriú, exibe até o dia 21 de junho a exposição fotográfica “O elo que nos une”, assinada pelo fotógrafo Alan Vieira, especialista em fotos de casais. São oito imagens que compõe a exposição é possível ver a luz natural preencher as fotografias, trazendo mais volume e profundidade de campo. A intenção, segundo o fotógrafo, é transmitir o amor universal. 



MPB: Tem beijão gay em clipe que fala de amor entre homens negros

A periferia ganha mais uma voz em defesa da diversidade, com direito a clipe com um raro beijo gay negro. O cantor Gê de Lima, de São Paulo, lançou o "Fotografia", cujo foco é um beijo e o amor entre homens gays e negros. O clipe da música vem para firmar a diversidade de gênero e também racial, e apresenta um artista na busca por seu auto-empoderamento e subjetividade. A MPB ganha mais uma voz contra o preconceito.



Espetáculo com drags faz homenagem a divas e debate com convidados

O Maravilhoso Cabaré das Divinas Divas chega a sua terceira e quarta edições, nos dias 8 e 9 deste mês, quinta e sexta-feira, na Cia dos Palhaços. Desta vez, as apresentadoras e drag queens Juana Profunda e Dalvinha Brandão trazem uma paródia do clássico do terror psicológico “O que terá acontecido a Baby Jane?”, encarnando as irmãs desequilibradas que no cinema foram vividas pelas atrizes Bette Davis e Joan Crowford. A montagem é uma iniciativa do coletivo “Casa Selvática “, de Curitiba.



Páginas